VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Putin volta a associar a Ucrânia ao atentado em Moscovo reivindicado pelo Estado Islâmico

O Presidente russo atribuiu o atentado de sexta-feira em Moscovo a "radicais islâmicos" mas voltou a fazer uma ligação à Ucrânia, alegando que os atacantes procuravam fugir para o país vizinho.

26 mar, 14:54
Últimos
Últimos