Soldados ucranianos em Bakhmut pedem mais armas aos aliados ocidentais. "Se não travarmos a Rússia agora, o vosso exército terá de a travar amanhã"

A zona de Bakhmut continua a ser um dos pontos mais quentes da guerra. 

Os soldados ucranianos dizem estar dispostos a aguentar a pressão cada vez mais intensa das forças russas, mas alertam que necessitam de mais armas.

Dizem ainda que, se não for a Ucrânia a travar os russos, terão de ser os militares ocidentais a fazê-lo um dia. 

Sobre "Jornal da Uma"