VÍDEO SEGUINTE
Descrição

"Um Governo que tinha todas as condições de estabilidade não esteve nunca à altura do que devia estar"

"O primeiro-ministro esteve bem ao demitir-se" e teve mais do que um motivo para fazê-lo, afirma Paulo Rangel: "O chefe de gabinete do primeiro-ministro foi detido, o melhor amigo do primeiro-ministro foi detido, portanto é o círculo mais próximo do coração do Governo que está em questão." Por isso, considera, mesmo que Costa não estivesse envolvido na investigação, "esta demissão seria inevitável".

"Estamos a viver um momento muito grave para a democracia portuguesa e que provavelmente não tem paralelo na história da democracia: é uma maioria absoluta que vai por dentro", conclui, relembrando a degradação do Governo ao longo do último ano, com uma série de casos que foram correndo a sua credibilidade. "Um Governo que tinha todas as condições de estabilidade, do ponto de vista da dignidade das instituições não esteve nunca à altura do que devia estar."

7 nov 2023, 23:02
Últimos
Últimos