VÍDEO SEGUINTE
Descrição

Um palestiniano morto por cada 100 habitantes em Gaza. "Ninguém nos para", diz Israel

Após 100 dias de guerra Gaza está mergulhada em morte, doenças e fome.

Netanyahu aproveitou a data para voltar a afirmar que os bombardeamentos só acabam quando o Hamas for eliminado e todos os reféns libertados. Cenário que continua distante.

Um novo vídeo divulgado esta segunda-feira pelo grupo terrorista mostra os cadáveres de dois reféns que alegadamente terão sido vítimas de ataques aéreos israelitas.

15 jan, 22:13
Últimos
Últimos