A7 cortada devido a fogo em Vila do Conde com três frentes ativas - TVI

A7 cortada devido a fogo em Vila do Conde com três frentes ativas

  • Agência Lusa
  • AM
  • 7 ago 2023, 23:35
Portugal em risco máximo de incêndio (Paulo Cunha/Lusa)

Durante a tarde, quatro bombeiros foram assistidos por exaustão, sendo considerados feridos leves

Um incêndio que deflagrou esta segunda-feira em Arcos, concelho de Vila do Conde, distrito do Porto, tem três frentes ativas e levou ao corte da Autoestrada 7 (A7) nos dois sentidos, adiantou à Lusa fonte da proteção civil.

O alerta para o fogo foi dado pelas 13:24, tendo-se iniciado em Arcos, freguesia de Rio Mau e Arcos, concelho de Vila do Conde.

Num balanço pelas 23:00, fonte do Comando Sub-regional da Área Metropolitana do Porto referiu à Lusa que o incêndio continuava com três frentes ativas, com uma a ceder aos meios.

Devido ao fogo e por precaução, a Autoestrada 7 (A7) entre Vila do Conde e Famalicão está cortada nos dois sentidos.

Fonte do Comando Territorial da GNR de Braga confirmou à Lusa, pelas 23:00, que a A7 ainda se encontrava cortada.

O Comando Sub-regional da Área Metropolitana do Porto revelou também que, durante a tarde, quatro bombeiros foram assistidos por exaustão, sendo considerados feridos leves.

De acordo com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), pelas 23:00 encontravam-se no local 118 operacionais, apoiados por 39 viaturas.

Continue a ler esta notícia