Homem sujeitou a ex-companheira e a filha a "frequentes humilhações" e "intimidações". MP do Porto acusou-o de violência doméstica - TVI

Homem sujeitou a ex-companheira e a filha a "frequentes humilhações" e "intimidações". MP do Porto acusou-o de violência doméstica

  • Agência Lusa
  • 12 out 2023, 17:10
Foram registadas mais de 14 mil denúncias de violência doméstica desde o princípio de 2023

O arguido foi “movido pela desconfiança de um novo relacionamento da sua ex-companheira", refere o MP

Relacionados

O Ministério Público (MP) do Porto acusou um homem de crimes de violência doméstica sobre a ex-companheira e a filha menor de ambos, as quais terá sujeitado a frequentes humilhações, intimidações e importunações, foi divulgado nesta quinta-feira.

Em comunicado, na página oficial da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o MP refere que o arguido entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022, sujeitou “múltiplas vezes” a ex-companheira e a filha de ambos, "de apenas 7 anos de idade", a “frequentes humilhações, intimidações e/ou importunações, atingindo-as na integridade física e psíquica”.

Segundo a publicação, o suspeito cometeu aqueles atos através de e-mails e mensagens escritas, presencialmente ou por conversa telefónica.

A nota refere que o arguido foi “movido pela desconfiança de um novo relacionamento da sua ex-companheira, cuja relação havia terminado em abril de 2020”.

O Ministério Público requereu ao tribunal o arbitramento de reparação económica às vítimas.

Continue a ler esta notícia

Relacionados