Portugal dá mais vistos de trabalho a cabo-verdianos em 2023 do que nos quatro anos anteriores - TVI

Portugal dá mais vistos de trabalho a cabo-verdianos em 2023 do que nos quatro anos anteriores

  • Agência Lusa
  • PF
  • 6 set 2023, 15:40
Cabo Verde

Em sentido contrário, revelou que este ano já foram recusados 353 pedidos de vistos, representando uma taxa de 4,20%, percentagem que tem vindo a diminuir consideravelmente, sendo 15,90% no ano passado, 42,20% em 2021, que tinha sido de 23,9% em 2020 e de 29,5% em 2019

Portugal já concedeu 4.948 vistos de trabalho a cabo-verdianos em 2023, valor superior a todos os quatro anos anteriores, que totalizaram 4.888, conforme dados fornecidos esta quarta-feira pela embaixada portuguesa na cidade da Praia.

De acordo com os mesmos dados, desde o início do ano a secção consular da Embaixada de Portugal na capital cabo-verdiana registou um total de 8.686 pedidos de vistos de longa duração (mais de 90 dias), dos quais 8.125 foram concedidos, numa taxa de 95,80%.

Segundo a Embaixada de Portugal, não há registo de um ano em que a sessão consular tenha recebido, processado e emitido tantos vistos a cabo-verdianos.

“Neste momento, já ultrapassámos em 1.049 vistos emitidos o ano de 2022”, contabilizou a mesma fonte, indicando que a média por mês até final de agosto foi de 1.085 vistos emitidos, quando nos quatro anos anteriores não ultrapassou os 700.

Em sentido contrário, revelou que este ano já foram recusados 353 pedidos de vistos, representando uma taxa de 4,20%, percentagem que tem vindo a diminuir consideravelmente, sendo 15,90% no ano passado, 42,20% em 2021, que tinha sido de 23,9% em 2020 e de 29,5% em 2019.

Desde agosto de 2022 que a empresa VFS Global realiza o agendamento e triagem dos pedidos da secção consular na capital de Cabo Verde, de vistos de trabalho, de estudo, reagrupamento familiar e tratamento médico.

Relativamente aos vistos de trabalho, que são os mais solicitados, este ano já foram concedidos um total de 4.948, um valor superior ao total de todos os quatro anos anteriores, que foram de 4.888.

Em 2022 foram concedidos 1.667, enquanto no ano anterior foram 1.478, muito maior do que os 852 de 2020 e 891 de 2019.

De acordo com os mesmos dados, este ano já foram concedidos 1.930 vistos de estudo e 1.247 nas outras categorias.

Continue a ler esta notícia