YouTuber despenhou avião para atrair visualizações. Agora, pode enfrentar 20 anos de prisão - TVI

YouTuber despenhou avião para atrair visualizações. Agora, pode enfrentar 20 anos de prisão

  • CNN Portugal
  • MCP
  • 12 mai 2023, 15:38
youtuber despenha avioneta (Youtube)

O Youtuber Trevor Jacob, também piloto e paraquedista experiente, admitiu ter simulado um acidente para obter visualizações

Relacionados

Trevor Jacob, um youtuber de 29 anos, publicou um vídeo no seu canal em dezembro de 2021 onde mostrou aquilo que, na altura, alegou ter sido um acidente com a sua avioneta. Um ano depois do suposto acidente, e após ter sido acusado de o ter provocado, admitiu ter simulado o mesmo para obter visualizações. O vídeo fazia parte de um conteúdo patrocinado.

As 2,9 milhões de visualizações que o vídeo acumulou até agora poderão não compensar o youtuber, que pode vir a ser condenado a 20 anos de prisão sob a acusação de, propositadamente, destruir o avião que se despenhou na floresta nacional de Los Padres, na Califórnia.

A BBC conta que o piloto e paraquedista concordou em declarar-se culpado de um crime de destruição e ocultação com a intenção de obstruir uma investigação federal, informou o departamento de justiça dos EUA num comunicado divulgado esta quinta-feira.

O episódio remonta a novembro de 2021, quando Jacob descolou de um aeroporto em Santa Bárbara, na Califórnia, numa aeronave com câmaras montadas no exterior e interior da mesma. Além das câmaras, Jacob tinha vestido um pára-quedas e levava um bastão de selfie.

Inicialmente, ele disse aos investigadores que o avião perdeu energia e que não sabia onde estavam os destroços. Mas a história atraiu dúvidas de profissionais de aviação e autoridades federais. Mais tarde, eles descobriram que Jacob não fez nenhuma tentativa de chamar o controle de tráfego aéreo, reiniciar o motor ou procurar um local seguro para pousar.

Ele "não pretendia chegar ao seu destino, mas planeou lançar-se da aeronave durante o voo e filmar-se a cair de pára-quedas no chão, assim como o momento do avião enquanto caía", disse o Gabinete do Procurador dos EUA para o Distrito Central da Califórnia.

Segundo o Guardian, só dois dias depois é que Jacob informou o National Transportation Safety Board (NTSB) sobre a queda do avião, mas disse aos investigadores do NTSB e da Federal Aviation Administration que não sabia onde estavam os destroços.

A 10 de dezembro de 2021, Jacob e um amigo voaram para o local do acidente e rebocaram o avião acidentado para o condado de Santa Bárbara. Durante vários dias, ele destruiu partes do avião e colocou as peças em latas de lixo ao redor do aeroporto e noutros lugares, o que as autoridades dizem que ele admitiu ter feito para enganar os investigadores.

 Em abril , os investigadores descobriram as mentiras e obstruções de Jacob, e a sua licença de piloto foi revogada.

Continue a ler esta notícia

Relacionados