Festa é festa

Exclusivo «Festa é Festa»: O plano é: matar El Cacto. Mas, quem tem coragem de fazê-lo?

  • TVI Novelas
  • 23 jun, 19:37
Exclusivo «Festa é Festa»: O plano é: matar El Cacto. Mas, quem tem coragem de fazê-lo? - TVI

Em «Festa é Festa», Tomé (Pedro Teixeira) está muito nervoso à espera que alguém chegue. Fernando (Manuel Marques) chega e vão os dois para uma mesa conversar. Fátima (Marta Andrino) tenta ouvir a conversa.

Depois chega Bino (Pedro Alves) e diz que o assunto é sério, mas têm de esperar por Peixoto (Vítor Emanuel). Este chega e vão os quatro para a salinha de Tomé. Fátima não tem dúvidas de que ali há coisa.

Albino conta a Fernando e Tomé que Peixoto tentou matar El Cacto (Luís Gaspar), mas não foi bem-sucedido e ele apenas desmaiou. Peixoto explica como tudo aconteceu, quando tentou matar El Cacto e como ficou cheio de pena dele, quando achou que tinha morrido. Albino acha que Peixoto já deu provas de não ser capaz de matar El Cacto e por isso terá de ser outro a fazer aquele trabalho. Fernando e Tomé engolem em seco. Albino diz que está na hora de decidirem quem se chega à frente para acabar com El Cacto, mas avisa logo que é o último da fila.

Fernando diz que é o penúltimo e por isso fica decidido que o próximo a tentar matar El Cacto será Tomé. Este fica muito tenso e Peixoto avisa-o de que o pior é falhar, porque depois vêm os remorsos. Tomé recusa-se a matar El Cacto. Prefere pagar a pensão do que matar alguém. Albino e Fernando dizem que nesse caso terá de ser ele a pagar a pensão sozinho, mas Tomé não tem esse dinheiro. Tomé diz que se Peixoto tivesse feito bem o seu trabalho, não estavam naquela situação. Peixoto diz-lhe que tem agora a oportunidade de lhe mostrar como se faz. Tomé recusa-se a matar El Cacto e o os outros avisam-no que nesse caso terá de ser ele a pagar a pensão de alimentos na totalidade. Sabendo que não é possível, Tomé compromete-se então a fazer a folha a El Cacto.

Tomé já está convencido a matar El Cacto, assim como assim, a sua vida não pode piorar e talvez lhe tome o gosto e mate mais uns quantos. Tomé começa a desbobinar alguns nomes de pessoas que tem vontade de matar e conta a história do falso padrinho de Aida. Os outros ficam confusos com a história e começam a achar que Tomé está a ficar maluco.

Festa é Festa

Mais Festa é Festa