Tiago Elói

João Lagarto

Diretor da Polícia Judiciária. Um homem solitário e amargurado, é não só viúvo, como perdeu a única filha, que era mulher de Carlos, e a neta. Com uma visão realista e prática dos perigos da sua profissão, tenta fazer o seu trabalho da melhor forma possível, apesar de ter perdido um pouco a esperança no mundo. No entanto, é um homem profissional e inabalável no que respeita a agir de forma correta e fazer justiça.