Bento fica de rastos

  • 18 nov, 00:00
Veja episódio na integra

Pedro (Diogo Morgado) e Romeu (Rodrigo Tomás) contam a Raquel (Laura Galvão) que o dinheiro apareceu, têm certeza que alguém o quer implicar na morte de Telmo.

Na Sala de Chá, Bento (Luís Esparteiro) percebe que Clara (Inês Castel-Branco) está irredutível, não o vai perdoar. Clara diz que se vai mudar para Braga e sai lançada. Bento fica de rastos e envergonhado.

Pedro acha que além de Bento, Antónia (Marina Mota) também teria motivos para implica-lo na morte de Telmo porque desafiou-a. Raquel está apreensiva, acha que quem colocou o dinheiro foi a mesma pessoa que realmente matou Telmo.

Pedro fala dos factos da morte de Telmo com Lourenço (Pedro Sousa), e sabe que a tese de ter sido ele a matá-lo lhe dá jeito, mas era óbvio que não iria ter o dinheiro no carro e alguém o plantou lá. Pedro desconfia de Antónia, Lourenço acha que está a tentar manipulá-lo à semelhança de Antónia.

Zeca está insistente nas poupanças porque Tozé (Paulo Pires) vai continuar no bem bom. Beatriz (Sara Prata) irrita-se, não gosta de falar de Tozé e foi ela que prescindiu da pensão de alimentos. Zeca sugere Beatriz rentabilizar o dinheiro da poupança e podia juntar-se a ele nos grilos.

Anabela (Susana Mendes) conta a Ruca (Ricardo Sá) que Cajó quer que ela invista o dinheiro nos grilos porque é um mercado com futuro. Ruca não concorda e diz-lhe que devia investir em algo mais seguro, como comprar o prédio, mas Anabela insiste e Ruca vai falar com Cajó para se informar mais sobre o negócio.

Romeu (Rodrigo Tomás) conta a Eva (Matilde Breyner) que apesar da confissão dela, ninguém está a acreditar e tentaram implicar Pedro (Diogo Morgado) com o dinheiro que supostamente tinha dado a Telmo, apareceu no carro. Eva diz que tem esse dinheiro e que os sacos não podem ser iguais, vai continuar a tentar descobrir quem matou o irmão e livrar-se da suspeita e Pedro também.

Episódios

Mais Episódios

Personagens

Mais Personagens