NESTE EPISÓDIO...

Letícia (Ana Cristina Oliveira) dá a entender que Júlio (José Wallenstein) é tão culpado como Henrique (Ângelo Torres) e Lídia (Joana Seixas) pede-lhe para sair, chamando a enfermeira. Letícia chega a casa a barafustar e não quer acreditar quando percebe que Beatriz (Catarina Bonnachi) fugiu de casa.

Graça (Sandra Faleiro) julga que Margarida (Paula Lobo Antunes) a chamou por causa do processo do atentado, mas esta diz-lhe que teve acesso a uma gravação onde a política assume que falsificou os documentos da queixa por assédio sexual de Leonor (Sara Prata).

Samira (Vera Kolodzig) entra no quarto com o biberão, mas o berço está vazio e ela fica desesperada quando percebe que Hassam desapareceu. Samira lembra-se que Zaida viu Diogo (Paulo Pires) a conversar com Leila (Sofia Aparício), mas Fátima (Rita Ribeiro) não quer acreditar que Diogo tenha sequestrado o seu neto. Fátima e Samira prestam declarações sobre o desaparecimento e Samira recorda que bebeu um chá e adormeceu profundamente, percebendo rapidamente que foi Leila quem levou o bébe.

Monique (Benedita Pereira) cuida de Hassam e diz a Diogo (Paulo Pires) que já tratou de tudo e que só espera que o bebé não enjoe no barco.

Fredy (Lourenço Ortigão) conta a Glória (Kelly Bailey) que Vítor (Diogo Infante) pode estar envolvido na explosão e Glória acha que o pai fez aquilo por odiar Júlio e porque queria ficar com Lídia.

Cassandra faz demasiadas perguntas e Tomé (Tiago Teotónio Pereira) avisa-a para não se meter onde não é chamada e manda-a embora.

Fátima quer avisar Omar do desaparecimento de Hassam, mas Leila e Samira acham melhor não. Fátima sai para a rua à procura do neto.

Diogo é surpreendido pela polícia, que entra pelo quarto dele, dizendo que é suspeito de ter raptado um bebé.