NESTE EPISÓDIO...

Telma (Julie Sergeant) pensa que o plano de Murilo (Cassiano Carneiro) tem tudo para correr mal e teme pela reação deste quando descobrir que Sally (Marisa Cruz) está de facto morta. Murilo diz que é a única hipótese que tem e Telma anui que mais tarde se juntará a ele.

James (Graciano Dias) conta com Vítor (Diogo Infante) para o ajudar na fuga de Murilo e Vítor alinha.

Samuel (Nuno Gil) conta aos filhos que está a ser acusado injustamente de ter mandado agredir Adão (Alexandre Jorge) e que é um esquema dele para afastar Madalena (Maria Arrais) lá de casa.

Graça (Sandra Faleiro) apoia o filho e este vitimiza-se, acusando o pai de ser injusto ao pensar que ele era capaz de raptar a mãe da própria filha. Graça consola-o e Lídia, ao longe, observa. Vítor diz que tem um serviço para fazer e pede a Fredy (Lourenço Ortigão) para ficar a vigiar Tomé (Tiago Teotónio Pereira).

Sebastião diz que Leandro é um tipo às direitas por ter não ter posto a operação em risco e que se Murilo tiver algum plano de fuga Renata não tem conhecimento de nada.

Murilo conta a Renata que vai fugir durante a madrugada e ela não mostra entusiasmo nenhum e não consegue parar de pensar em Leandro.

James conta que o plano é Vítor ir a casa de Murilo desativar-lhe a pulseira e de seguida segue de helicóptero para um iate que está a espera dele em alto mar.

Gustavo (Thiago Rodrigues) aponta uma arma a Samira (Vera Kolodzig) e Leila bate-lhe com uma jarra na cabeça deixando-o inanimado no chão. Samira diz não conseguir entregar Gustavo, apesar deste a ter tentado matar.

James não consegue entrar em contacto com Gustavo e diz que ele era o piloto do helicóptero. Gustavo acorda, e pede para Samira o deixar ir que nunca mais o vê, mas esta recusa porque sabe que ele voltaria a tentar matá-la.