NESTE EPISÓDIO...

Leonor (Sara Prata) surpreende Acácio (Sérgio Praia) ao dizer que sabe que ele ajudou Júlio a fugir e isso faz dele cúmplice. Acácio continua a defender Júlio, mas o facto dele não dar notícias, começa a deixá-lo na dúvida.

Gustavo (Thiago Rodrigues) confronta Samira (Vera Kolodzig) com o que sabe sobre Bashir, acerca da morte de Khalef e deixa bem claro que se Samira não desistir do casamento com Omar, Bashir será acusado de homicídio.

Diogo (Paulo Pires) vai ter com Matos, que o informa de quem é Aníbal, o novo suspeito. James informa a organização que Aníbal está a ser vigiado pela PJ. Tavares diz que Aníbal vai ser detido e Margarida espera que ele tenha informação que lhes permita impedir o atentado.

James informa Vítor que a organização decidiu antecipar o atentado e, por isso, vão ter de agir mais depressa do que pensavam. 

Glória acha melhor desistirem do plano, mas Fredy está determinado em seguir em frente e diz que Nelson lhe vai dar a combinação do cofre.

Teresa (Joana Ribeiro) vê Omar (Carloto Cotta) com o filho e tenta apaziguar os ânimos, mas Omar insiste que ela deixou o filho sozinho. Samira faz-se de sonsa, Teresa perde a cabeça e empurra-a.

Nelson garante que os planos para o atentado estão a correr como previsto e que desta vez não vai haver falhas. James espera por Sally e beijam-se com saudades. Sally pergunta se James já resolveu aquele assunto, e ele promete-lhe que no dia seguinte fica tudo resolvido, mas vemos que está num dilema.

Kevin tira um telemóvel do bolso e marca um número. Um telemóvel toca e Matos manda todos saírem, quando se dá uma violenta explosão que destrói o armazém.

Fora de si, Diogo (Paulo Pires) sai porta fora dizendo que vai fazer o que já devia ter feito. Dirige-se a casa de Lídia e exige saber onde está Júlio. Lídia (Joana Seixas) garante que não sabe de nada e Diogo ameaça-a com a arma. Ao tentar soltar-se, acaba por fazer a arma de Diogo disparar. Lídia cai no chão e Diogo fica em pânico.