NESTE EPISÓDIO...

Margarida (Paula Lobo Antunes) sugere que Diogo (Paulo Pires) entregue Monique (Benedita Pereira), pois ao colaborar com a polícia, talvez consiga ser extraditado para Portugal, onde já pode ajudá-lo. Diogo fica indignado com a sugestão de Margarida e manda-a embora.

Leila (Sofia Aparício) vai ter com Margarida e confessa ter ajudado Diogo e Monique a levarem Hassam e que, por isso, também deve ser culpada. A família fica em choque e Fátima (Rita Rodrigues) acha que a filha foi possuída.

Glória (Kelly Bailey) não quer acreditar quando vê Vítor (Diogo Infante) no aeroporto e percebe que ele também vai para Al Aradhi e acusa-o de ir atrás do dinheiro. Ele confirma.

Fredy (Lourenço Ortigão) está a jogar consola quando tocam à campainha, ele estranha não ver ninguém, até que aparece Júlio (José Wallenstein) com uma pistola. Júlio garante que está inocente e que o estão a tentar incriminar, revelando que Henrique (Ângelo Torres) não era o cabecilha da organização.

Chaves entra na oficina e dá ordens para não deixarem fugir o suspeito. Júlio faz de Fredy refém. Chaves pede a Júlio para se entregar pois está cercado, mas ele afirma que está inocente e ameaça matar Fredy, se não o deixarem sair. Sílvio (Vítor d'Andrade) pressiona Chaves a fazer o que Júlio pede.

Tomé (Tiago Teotónio Pereira) esmaga uns comprimidos para cheirar, Graça (Sandra Faleiro) aparece e fica chocada com o que vê. Incrédula, a mãe pede satisfações a Tomé, que põe as culpas em Cassandra. Graça aconselha-o a afastar-se dela.

Leonor (Sara Prata) fala da operação policial no bairro e percebe que o irmão sabe mais do que aquilo que quer contar. Ele acaba por confessar que tem ajudado Júlio.

Sílvio conta a Acácio (Sérgio Praia) que Fredy fingiu ser refém para ajudar Júlio e ele promete recompensá-lo.

Graça chega a casa abatida, mas não revela o que se passou. Mário (Vítor Hugo) fala da proposta do grupo brasileiro, e Graça finge não saber e aconselha-o a convencer Letícia (Ana Cristina Oliveira) a vender a sua parte.

Leila informa a família que se vai entregar à polícia, por ter participado no rapto de Hassam, deixando Omar em choque.

Leila (Sofia Aparício) assume que ajudou no rapto de Hassam porque acredita que o lugar de um filho é ao pé da mãe, afirmando que nada daquilo teria acontecido se Omar (Carloto Cotta) e Samira (Vera Kolodzig) não tivessem casado. Fátima (Rita Ribeiro) e Samira concordam que Leila não se pode entregar por ser uma vergonha para a família.

Gustavo (Thiago Rodrigues) põe Vítor (Diogo Infante) a par das novidades. Vítor confessa que quer revelar que foi Bashir (Diogo Mesquita) quem matou Khalef e que culpou a Glória (Kelly Bailey), mas Gustavo relembra-o que a prioridade é tirar Teresa (Joana Ribeiro) e Hassam de Al-Aradhi