NESTE EPISÓDIO...

Mário (Vítor Hugo) tenta perceber qual é o interesse de James (Graciano Dias) na sociedade da LusoWings com o grupo brasileiro e este confessa que terá uma comissão.

Teresa está a dar o biberão a Hassam e Fátima informa-a que Vítor e Glória estão na sala. Teresa abraça-os, emocionada pelo facto da família lhe ter ido dar apoio. Fátima vinca que Teresa teve o que merece, depois de ter tentado raptar o seu neto e acusa Glória de ser uma assassina.

Bashir fica alarmado quando percebe que Vítor está em Al Aradhi e diz a Samira que, se for denunciado pela morte de Khalef, ela cairá com ele.

Omar conta a Fátima e a Samira que Leila quer entregar-se à polícia. Fátima pressiona o filho para não retirar a queixa. Leila vai à esquadra, mas Omar entra disparado e impede a irmã de falar. O Muçulmano afirma que quer retirar a queixa pelo rapto do filho e o chefe da polícia fica surpreendido, perguntando-lhe se tem a certeza. Omar afirma que sim e afirma que resolvem aquilo entre eles.

Helena (Lia Gama) conversa com Margarida (Paula Lobo Antunes) e confessa que está feliz por Diogo (Paulo Pires) ter sido libertado. Margarida desabafa com Letícia (Ana Cristina Oliveira) e conta que fez tudo para ajudar Diogo, mas que a primeira coisa que ele fez foi ir a correr para Monique (Benedita Pereira). Letícia diz que não confia nela e afirma que a vai ajudar no que for preciso.

Leonor (Sara Prata) visita Tomé (Tiago Teotónio Pereira), que finge estar muito em baixo e que culpa os pais por nunca terem tido tempo para os filhos. Tomé pega na mão de Leonor e sente-se uma atração entre os dois.

Vítor fala com James ao telefone e diz-lhe que ainda não conseguiu aproximar-se do dinheiro. Glória diz-lhe estar de olho nele.

Fátima está furiosa por Leila ter conseguido fazer com que Omar retirasse a queixa e vinca que, por ela, Leila não ficava lá em casa nem mais um segundo. Teresa acusa Samira de também ter traído a família, deixando todos estupefactos.