NESTE EPISÓDIO...

Samira (Vera Kolodzig) mente e conta que Diogo (Paulo Pires) a esfaqueou e que Monique (Benedita Pereira) a deixou com a cara naquele estado.

Glória (Kelly Bailey) fala ao telefone em tom baixo e conta que a mulher que sobreviveu ao atentado descreveu um homem parecido com Vítor (Diogo Infante). Vítor ouve a conversa e fica alarmado. Glória acha que o pai mordeu o isco e Teresa afirma que, se o pai for ao hospital para ameaçar a testemunha, é porque é mesmo culpado.

Omar (Carloto Cotta) pede Samira em casamento e informa a mãe e a irmã que vai casar com a muçulmana e as duas ficam felizes com a decisão.

Constança (Catarina Bonnachi) tem uma faca suja de sangue e é apanhada por Maleeka (Rita Ruaz).

Depois de a ir buscar ao hospital, Vítor instala Lídia (Joana Seixas) e promete que vão começar uma vida nova os dois juntos. Lídia deixa-se levar pelo ex marido.

Vítor conta a James (Graciano Dias) que Glória o ajudou a safar-se da armadilha que lhe iam montar. Mas que, para isso, teve de lhe dar todo o dinheiro que tinha ganho com o esquema que fizeram.

Glória e Fredy (Lourenço Ortigão) pensam onde podem guardar o dinheiro e Fredy, num impulso descontrolado, beija-a. Glória fica constrangida ao acordar, de manhã, agarrada a Fredy e acha melhor não se aproximarem mais.

Lídia tenta pentear-se, mas não aguenta as dores. Vítor penteia-lhe o cabelo e ela chora, emocionada.

Teresa (Joana Ribeiro) despede-se de Glória e afirma que vai atrás do filho para Al-Aradhi. Gustavo vai com ela e Glória acha que o piloto gosta dela.

Glória e Fredy festejam a partida de Teresa, que os ouve e questiona o porquê de tanto festejo.

Teresa (Joana Ribeiro) encontra-se com Gustavo (Thiago Rodrigues) para embarcarem e pede a Sílvio (Vítor d'Andrade) para olhar por Glória (Kelly Bailey).

Leonor (Sara Prata) informa Mário (Vítor Hugo) que retirou a queixa contra Graça (Sandra Faleiro), e ele lamenta ter perdido uma mulher como ela.

Tomé (Tiago Teotónio Pereira) acha que a mãe preferia que tivesse sido ele a morrer, em vez do irmão e percebe-se que ele quer fazê-la sentir-se culpada e tê-la na sua mão.

Glória acha que Júlio (José Wallenstein) pode mesmo ser o cabecilha por detrás do atentado e Fredy (Lourenço Ortigão) julga que Glória mudou o dinheiro de sítio por não confiar nele, mas ela assente que não mexeu e fica em pânico.