Quando Teresa (Joana Ribeiro) está a chegar a casa, Vitória está à sua espera e não a deixa fechar a porta. Vitória acusa Teresa de ter sido a culpada da perda do seu filho.

 

Teresa desmente tudo e tenta acalmá-la, mas Vitória tira uma faca da mala e começa a ameaçar Teresa. As duas envolvem-se num conflito e ambas ficam feridas e inconscientes no chão.

 

Diogo (Paulo Pires) força a entrada e consegue abrir a porta de casa de Teresa. Quando entra, armado, fica estático com o aparato que ali está, com os corpos de Teresa e Vitória caídos no chão. Teresa é socorrida enquanto recorda os bons momentos que viveu com Omar (Carloto Cotta).