Murilo (Cassiano Carneiro) insiste para que Gustavo (Thiago Rodrigues) conte o que, relamente, aconteceu durante a conversa que teve com Omar (Carloto Cotta). O piloto acaba por confessar que ameaçou o muçulmano para que ele deixa-se de importunar Teresa (Joana Ribeiro) de uma vez por todas.

Enquanto isso, na PJ, Chave (Ricardo Oliveira) e Dário observam o retrato robô e uma fotografia de Teresa e concluem que as parecenças são inegáveis. Dário confessa não compreender o que levaria Teresa a encontrar-se com o homem que fez dela prisioneira e que a maltratou. Chaves conclui que, por vezes, o amor é cego e que se poderá tratar de uma fuga planeada. Caso isso seja verdade, Gustavo passa a ser um dos possíveis responsáveis pelo atentado ao casal.

Ao telefone com o inspetor, o comandante Rashid afirma que a suspeta de que Omar raptou Teresa acaba de cair por terra, acrescentando que vai investir nos melhores agentes para resolverem o mistério.

A Monique (Benedita Pereira), Chaves conta todas as novidades sobre o caso e o que o leva a acreditar que tudo não passou de uma estratégia de fuga premeditada. A amiga de Teresa frisa que acha que Gustavo não sabia de nada e menciona que se lembra de, por vezes, a irmã de Glória (kelly Bailey) comentar que o piloto ficava "sombio", como se escondesse algo.

Não perca os próximos episódios e visite as contas oficiais de Facebook e Instagram.