Carlos vira-se contra Vitória?

09 abr 2020 00:00

Vitória (Sara Barradas) tenta resolver o problema de Maria (Mafalda Marafusta), e sai para fazer uma chamada. Maria aproveita que está a sós com Carlos (João Vicente), e insinua-se a ele, contando como era muito próxima de Vitória.

Mateus (Pedro Sousa) conta, à mãe, qual foi a reação de Maria ao vê-lo. Catarina recebe uma chamada de Vitória e pergunta-lhe porque é que a irmã insultou Mateus. Vitória desculpa-se, dizendo que ela está descompensada e que, por isso, precisa de sair para levá-la a Lisboa.

Hugo (Rodrigo Paganelli) decide confrontar Sandra (Marta Faial) por lhe ter mentido, e diz-lhe que ela ainda se vai apaixonar por ele e a pedir-lhe em namoro.

João (Isaac Alfaiate) encontra Ana (Madalena Aragão) a chorar, sentada no chão, e pergunta-lhe o que se passa. Ana explode com o tio e grita-lhe, dizendo que não querer estar com ninguém.

João anda de um lado para o outro, torturado com a recordação da violação, retira duas pastilhas de uma pequena bolsa que tem no quarto e toma-as juntamente com uísque.

Vitória conta que Maria tem depressões, e Catarina e Mateus demonstram-se compreensivos com a situação.

Nuno indica a Carla (Ana Sofia Martins) toda a documentação necessária para o pedido de divórcio. Marcos (Pedro Teixeira) chega com um presente e Carla faz questão de lhe indicar que está reunida com o seu advogado para se separar dele.

Marcos avisa Nuno de que está disposto a tudo pelos filhos e pela mulher. Carla fica afetada e Nuno aconselha-a a não se deixar manipular pelo marido.

Joana (Marina Mota) conversa com o filho sobre Vitória e acaba por lhe contar que ela foi a apanhada aos beijos com Lucas. Carlos reage mal.

Vitória diz a Maria que não lhe pode dar mais dinheiro e aconselha-a a procurar um emprego, quando recebe uma mensagem de Carlos a pedir para falarem.

João liga a Cheirinho e este alicia-o com uma nova droga, a preço de saldo. João fica ansioso para arranjar o dinheiro e entra, de forma secreta, no escritório. Dirige-se até à secretária e tira, de lá, várias notas. Volta a meter tudo no sítio e, ao sair, olha para o armeiro e fica com vontade de tirar de lá uma arma e de terminar com a sua própria vida.

Mateus vê João a sair do escritório e percebe que ele está sob o efeito de drogas. Mateus entra para perceber o que o irmão foi lá fazer, repara que a chave está no armeiro e tranca-o.

Carlos não entende porque é que Vitória andou aos beijos com um Santa Cruz. Vitória explica que foi um esquema para mostrar que Lucas não é melhor que os outros irmãos. Carlos diz-lhe que por ela é capaz de aguentar tudo. Vitória responde-lhe que têm de aguardar pelos exames de Catarina, para saber quanto tempo lhe resta para tramar todos os irmãos.

Joana está a preparar o pequeno-almoço e confronta Vitória por se ter metido no namoro de Carlos e Isabela (Inês Herédia). Carlos entra e defende-a.