Catarina recebe provas contra Vitória

30 jun 2020 00:00

Vitória (Sara Barradas) termina os exercícios com Mateus (Pedro Sousa). O veterinário agarra a mão da enfermeira e agradece. Vitória disfarça o incómodo que a situação lhe causa, e trocam sorrisos cínicos.

Marcos (Pedro Teixeira) decide contar a Rita (Maya Booth) a sua versão do que se passou na noite da violação, e diz-lhe que Margarida pediu boleia e que já estavam todos animados e que ninguém a forçou nada. Rita estranha o regresso de Vitória e o que aconteceu com o pai dela. Marcos acha que se arrependeu do que fez e agora quer sacar-lhes dinheiro.

Joana (Marina Mota) pergunta a Vitória se já falou com Carlos (João Vicente) desde que chegou, e conta-lhe que ele voltou a beber. Vitória tenta ligar ao ex-namorado, mas sem sucesso.

João (Isaac Alfaiate) pede desculpa a Hugo (Rodrigo Paganelli) pelo que fez e por se ter metido entre ele e Sandra (Marta Faial). Hugo recebe uma chamada de Joana. João percebe e oferece-se para ajudá-lo.

Vitória dá a medicação a Mateus. Ele comenta que um dos seus desejos é juntar os irmãos para uma caminhada na Herdade. O veterinário sublinha que não sabia que Vitória tinha tido problemas com Marcos. Ela desvaloriza o que aconteceu, deixando Mateus incrédulo com o cinismo.

Vitória atende Carlos e pergunta onde está, salientando que todos estão preocupados. Carlos fala com brusquidão dos pais. Vitória diz que vai ter com ele.

Rita pergunta a Marcos se já contou à mãe sobre eles. O Santa Cruz nega, beijam-se de forma apaixonada e sôfrega quando são interrompidos pela campainha. Chocada, Rita diz que é Catarina.

Elvira (Ana Bustorff) informa Lucas (Filipe Vargas) que ligaram a avisar que o jazigo da família foi vandalizado eque o estrago é grande. Lucas vai ver o que se passa e pede para não contar a Catarina.

Rita recebe Catarina e confirma que tudo o que Marcos disse sobre Vitória é verdade. Catarina percebe que estiveram juntos e desvaloriza as aventuras sórdidas deles. Rita avisa que não é uma aventura, que está mesmo apaixonada por Marcos e chama por ele para trazer a pasta com as provas contra Vitória. Marcos aparece, deixando Catarina atordoada.

Vitória repara que Carlos está bêbado. O filho de Joana deixa-se cair derrotado e conta que Bernardo é o seu verdadeiro pai, porque abusou de Joana.

Elvira desconfia de que foi Carlos quem destruiu o jazigo dos Santa Cruz. Joana nega, por saber que o filho nunca faria isso. Elvira volta a dizer que só pode ter sido Carlos. Alfredo aparece e pede justificações para tal acusação.

Vitória tenta acalmar Carlos, acha que a mãe foi muito corajosa e teve de engolir muitas lágrimas. Carlos sente-se revoltado por pertencer àquela família. Vitória lembra-o de que o amor dos pais que o criaram é que conta, e se Joana não contou nada a ninguém vai ter de respeitar a decisão dela.

Elvira diz a Alfredo que achou estranho o desaparecimento de Carlos e que o associou ao acontecimento do cemitério. Joana olha-a como que a pedir para estar calada.

Catarina vê as fotografias de Margarida e de Vitória e empalidece. Rita insiste que Vitória fez mal a todos. Catarina pede para levar a pasta e avisa Marcos para não confundir os assuntos, saindo sem se despedir.

Marcos (Pedro Teixeira) fica furioso por Rita (Maya Booth) ter contado a Catarina (Maria José Pascoal) que estavam juntos. Ela indica que foi uma oportunidade para Catarina os perdoar, mostrando que não há mais segredos. Marcos lembra-a de que não têm nada, deixando-a arrasada.

Vitória (Sara Barradas) leva Carlos (João Vicente) a casa e ajuda-o a deitar-se. Carlos pergunta se ela voltou para cuidar dele e tenta beijá-la, mas Vitória aconselha-o a não confundir as coisas e faz-lhe festas no cabelo até ele adormecer.

Maria (Mafalda Marafusta) entra à procura de Carlos, encontra Vitória a acaricia-lo de forma maternal, e não consegue evitar uma reação de ciúmes. Vitória fica surpreendida com a reação da irmã e fica sem saber o que pensar.

Maria recorda Vitória com Carlos, senta-se a chorar, vê a planta de Elvira (Ana Bustorff) e começa a sorrir.

Vitória diz a Joana que deixou Carlos a dormir e que vai ficar tudo bem.

Hugo (Rodrigo Paganelli) agradece a ajuda de João, e indica que devia aconselhar Carlos em relação a vícios.

Maria, com um charro aceso na mão, canta e dança a sua música, tudo corre mal e ela ri às gargalhadas.