Catarina, Rita e Marcos unem-se contra Vitória

03 jul 2020 00:00

Carlos está a trabalhar quando João entra e lhe diz que não é a beber que ele vai resolver os seus problemas. Carlos indica que resolve os problemas com a sua família. João confronta-o e pergunta se foi ele quem vadalizou o jazigo da família.

Rita avisa que Vitória não se deixa cair em armadilhas e sugere que lhe abra, novamente, as portas da Herdade para se aproximar da enfermeira.

Carlos mente, dizendo que não sabia que o jazigo tinha sido destruído. João abre o seu coração e indica que o seu pai era cruel, e que Alfredo (Luís Esparteiro) é o pai perfeito.

Catarina não sabe como justificar a presença de Rita na sua casa, e ela oferece-se para intermediar os negócios com a Cruzeiro do Sul. Catarina conta que eles puseram fim ao contrato, indica que vai ter de falar com Lucas e sai.

Vitória encontra-se com Carlos e conta que Catarina aceitou Isabela, e que ela já pode ir lá a casa visitar Mateus. Carlos odeia aquela família e pergunta-lhe se voltou por Lucas. A enfermeira confirma, e revela que descobriu que Ana é sua filha.

Lucas (Filipe Vargas) dá razão a Vitória (Sara Barradas), dizendo que não foi a maneira mais romântica para se declarar, mas indica que não está arrependido de ter contado à mãe. Vitória mostra que está decidida a lutar por ele e beijam-se.

Ana (Madalena Aragão) acha que Maria (Mafalda Marafusta) é muito diferente de Vitória, falam da virgindade de Ana e Maria dá conselhos desapropriados, pedindo para não contar nada à mãe, percebe que se descaiu e disfarça.

Carlos (João Vicente) chega para falar com Lucas. Elvira (Ana Bustorff) pergunta-lhe se ele vai confessar que destruiu o jazigo. Carlos manda-a meter-se na sua vida.