Isabela e Mateus envolvem-se intensamente

08 mai 2020 00:00

Patrícia (Leonor Seixas) serve o almoço a Hugo (Rodrigo Paganelli), a Sandra (Marta Faial) e a Alfredo (Luís Esparteiro).

Maria (Mafalda Marafusta) diz a Pablo que Patrícia tem dinheiro, que vai pagar bem para agenciar Alfredo e que ela quer comissão.

Alfredo bebe demais e começam a brindar. Ele decide recitar fado, e Pablo olha-o com interesse.

Catarina (Maria José Pascoal) pergunta a Mateus (Pedro Sousa) porque passou o dia calado e ele mostra-se preocupado com os tratamentos da mãe.

Alfredo canta fado, Patrícia chora emocionada e pergunta a Pablo se vai agenciá-lo. Ele responde que sim, mas que é preciso dinheiro.

Isabela (Inês Herédia) está preocupada com Mateus. Ele tenta resistir-lhe mas ela, sedutora, manda-o fechar os olhos. Ele acaba por obedecer. Isabela continua a beijar Mateus, intensamente, e ele confessa que sempre teve medo de lhe fazer mal e que Carlos (João Vicente) ameaçou matá-lo se lhe tocasse. Isabela diz-lhe que consegue ver a sua alma e que sabe que por detrás de todos os fantasmas há um homem com vontade de amar.

Vitória (Sara Barradas), ao telemóvel com Carlos, conta-lhe que enviou uma mensagem anónima a Lucas a denunciar Marcos (Pedro Teixeira), quando aparece Lucas (Filipe Vargas) furioso.

Fora de si, Lucas manda ao chão tudo o que encontra. Vitória pergunta o que se passa. O pai de Ana (Madalena Aragão) pergunta por Marcos, mas ela não sabe. Lucas conta que Marcos sempre soube que Fernando (Sérgio Silva) estava na falência e que não fez nada para impedir o negócio. Vitória tenta acalmá-lo e abraça-o. Os dois olham-se nos olhos, com grande tensão romântica.

Carla (Ana Sofia Martins) desespera e Marcos avisa-a de que foi Diogo quem lhe pediu para viver com ele, por ela tentar incutir outra pessoa na vida das crianças. Diogo aparece com a mochila e diz à mãe que já não gosta dela.

Vitória e Lucas desfazem o abraço, e ela pergunta-lhe se tem provas, mas ele anui que não tem nada. Vitória coloca a possibilidade de Rita (Maya Booth) saber de alguma coisa.

Patrícia diz a Pablo que Alfredo só bebeu porque ficou nervoso com a presença dele,. Hugo não acredita como é que Patrícia se derrete para o seu pai.

Marcos entra com Diogo. Lucas abraça o sobrinho e olha com ódio para Marcos. Lucas avisa que quer marcar uma reunião com os irmãos. Vitória tenta aliviar a tensão e diz a Diogo para ir ver a avó.

Hugo comenta que Alfredo vai passar a noite com Patrícia. Carlos acha que o irmão deve ter percebido mal, porque o pai nunca seria infiel a Joana (Marina Mota).

Carlos está a sair quando dá de caras com Vitória e Lucas. Lucas conta a Carlos que Marcos sempre soube de tudo e que não fez nada para ficar com o poder. Carlos está do lado de Lucas e, se o patrão quiser, até mete os trabalhadores a fazer greve. Lucas agradece o apoio mas vão ter de agir com calma.

Marcos olha orgulhoso para o filho, diz que um dia ele também vai ser chefe daquela família. Decide ligar para Vicente para saber da notícia que o mandou publicar, mas Vicente pede-lhe para não lhe ligar nos próximos tempos e conta que Lucas sabe de tudo.

João (Isaac Alfaiate), Mateus e Marcos aguardam Lucas que convocou a reunião. Ele chega e Marcos pergunta-lhe porque foi falar com o jornalista que sabia de tudo. Lucas mantém a calma e conta a João e a Mateus que Marcos sempre soube da falência de Fernando e que não fez nada para salvar a família, pedindo a Marcos que tenha a dignidade de assumir o que fez.

Carla conta a Sandra (Marta Faial) o que Diogo lhe disse e que Marcos lhe quer tirar o filho. Sandra tenta acalmá-la.

Marcos nega aquela história. Lucas acusa-o de ser falso e de viver cego pelo poder. Mateus acha que é melhor falarem com Vicente para perceber o que se passou. João quer também falar com o Dr. Gouveia, deixando Marcos encurralado.