Isabela mente a Elvira

17 ago 2020 00:00

Marcos, preocupado, pergunta se não ia embora depois do funeral, mas ele indica que precisa de mais uns dias.

Isabela diz a Elvira que Marcos lhe ligou para ir trabalhar para sua casa. Elvira não concorda, mas Isabela indica que só vai fazer aquilo pelos filhos de Carla.

Lucas fica aliviado por ver Ana a tentar comer, e sugere que ela leia a carta de Vitória.

Machado reúne-se com Marcos e Lucas e indica que já tem o relatório da autópsia de Catarina. Machado conta que o cancro de Catarina tinha metástases, mas desconfia que tenha sido suicídio. Lucas não acredita e Machado na brincadeira diz que Marcos devia confessar o crime, deixando-os em choque.

Alfredo chama Hugo para perguntar se Ornelas dormiu lá em casa e o filho avisa-o que também não interfere na sua relação com Patrícia, mas Alfredo, irritado, manda-o manter-se de olhos abertos porque Ornelas não é de confiança.

Rita diz a João que a judiciária está a investigar a morte de Catarina, ele pede para dar um beijo a Teresa. Rita manda-o ir tomar banho.

Mateus acha que está a viver um sonho com Isabela nos braços, quando é interrompido por Marcos, que o avisa que Machado acha que ele está ali escondido.

Machado comenta querer apanhar Mateus, por ser suspeito pela morte da mãe. Isabela, com receio de que Mateus seja apanhado, não quer mais mentiras entre eles, e Mateus jura que não saiu de casa, nem matou a mãe.

Carlos abranda em frente ao café de Patrícia, imagina-se a beber, consegue controlar o desejo e segue caminho.

Daniel diz a Vitória que ficou impressionado com a carta dela para Ana, e ela agradecida acha que ele é bom espião e que Ana vai voltar a gostar dele.

João depois do banho tem um aspeto mais leve. Prepara-se para brincar com Teresa e olha para Rita agradecido.

Patrícia estranha não ver Alfredo. Maria avisa-a que o viu a sair com a caixa de ferramentas e que deve ter ido à herdade. Patrícia vai investigar e pede a Maria para ficar no café.

João diz a Rita que já pensou em mudar e ela disponibiliza-se para o ajudar.

Hugo pergunta a Ornelas quais são as intenções dele com Joana, Ornelas nervoso diz que gosta muito da mãe dele. Hugo manda-o portar-se bem.

Isabela já arrumou a casa e diz a Mateus que ele não está seguro ali, mas ele tranquiliza-a, deixa passar uns instantes e sai de seguida.

Machado comenta que os pais da vítima ficaram desolados, e que tem a certeza de que foi Mateus quem fez aquilo.

Lucas agradece o que Madalena tem feito por ele e está quase a beijá-la, quando são interrompidos por Hugo que a avisa que há um animal que vai parir.

Patrícia vai à Herdade e leva Alfredo dali, que se justifica que só foi arranjar o exaustor que Hugo lhe pediu.

Joana diz a Ornelas que vão ter de mentir mais uns tempos, mas ele conta que foi ameaçado por Hugo. Joana sossega-o dizendo-lhe que ninguém lhe vai fazer nada.