Marcos transforma-se num «monstro»

16 abr 2020 00:00

Sandra (Marta Faial) e Carla (Ana Sofia Martins), vão ter com Joana (Marina Mota) para falarem sobre a ementa do casamento de Rita (Maya Booth) e de Lucas (Filipe Vargas).

Alfredo (Luís Esparteiro) canta, mas não se lembra da letra. Joana aparece no café e obriga-o a ir para casa, para não passar mais vergonhas e ameaça Patrícia (Leonor Seixas) por servir bebida ao marido.

Marcos (Pedro Teixeira) pergunta a Vitória (Sara Barradas) como está Mateus (Pedro Sousa), e ela diz-lhe que está melhor e aproveita e conversam sobre Carla e os seus filhos.

Sanda, Carla e Nuno começam a jantar. Sandra finge que recebe uma chamada de uma amigal e diz-lhes que tem de sair. Nuno comenta que não gosta muito de tofu e Carla comenta que também não, e decidem ir fazer um risoto de cogumelos.

Vitória aproveita o momento de fragilidade de Marcos e diz-lhe que é um homem atraente, e convence-o a marcar um spa para ele e para Carla. O telemóvel dele começa a tocar, é Vicente, o jornalista.

Carla e Nuno terminaram de jantar, Carla questiona-o como é viver sozinho e se pensa voltar a casar. Nuno responde que sim e insinua-se a ela. Atrapalhada, Carla finge ter sono e, ao vê-lo cambalear, diz-lhe para deixar ali o carro por terem estado a beber.

Vitória repara que Marcos foi tomar banho, lê as mensagens de Vicente, e percebe que Fernando é uma fraude e que vai enganar Lucas.

Mateus lê um artigo sobre o tratamento de tumores. Isabela (Inês Herédia) entra no seu quarto e pergunta-lhe o que se passa com ele. O veterinário responde-lhe que tem medo de não querer mais viver e irrompe num pranto.

Ana pede ao pai para ficar ao lado de Vitória, no casamento. Rita arranja uma desculpa para Ana a deixar a sós com Lucas e diz-lhe que não quer Vitória no casamento deles.

Horrorizada, Carla vê Marcos a destruir o carro de Nuno, pedindo-lhe para parar, e corre assustada para casa. Carla tenta fechar a porta, mas Marcos segue exaltado e revolta o quarto de Carla à procura de Nuno, perguntando-lhe onde se escondeu. No momento em que Marcos avança para ela com o punho fechado, ouve-se a porta da casa de banho abrir-se, sai de lá Hugo (Rodrigo Paganelli).

Fora de si, Marcos despede Hugo. Sandra, que vem da rua, enfrenta Marcos dizendo-lhe que Hugo está com ela. Marcos insiste no assunto Nuno. Carla conta-lhe que só jantaram e aconselha-o a procurar ajuda de um médico. Marcos conta que tinha marcado spa e hotel para os dois, e Carla vinca que não vai com ele a lado nenhum.

Carla lamenta o que aconteceu ao carro de Nuno e pergunta-lhe se vai fazer queixa, e o advogado nega para evitar mais problemas. Nuno pergunta se Marcos lhe bateu, ela responde que não, e ele abraça-a e não resiste em beijá-la.

Carlos pede a Vitória para não avançar com a vingança ou, caso contrário, todos os empregados ficarão sem trabalho. A enfermeira responde-lhe que é a oportunidade de se vingar de todos, ao mesmo tempo.