Maria e Carlos envolvem-se intensamente

29 mai 2020 00:00

Joana (Marina Mota) comenta que o filho que nunca tinha feito tal coisa. Vitória (Sara Barradas) conta que terminaram o namoro, e sai para levar o pequeno almoço a Catarina (Maria José Pascoal).

Carlos (João Vicente) está furioso com o que Hugo (Rodrigo Paganelli) acabou de dizer e avisa-o de que aquilo é um assunto entre ele e Vitória, mandando o irmão ir trabalhar.

Carla (Ana Sofia Martins) entra com um vestido provocante. Marcos (Pedro Teixeira) não gosta mas tenta conter-se, comentando que não está de acordo com as soluções de Mateus (Pedro Sousa) e dizendo que acha que Rita (Maya Booth) está a fazer tudo para lhe abrirem as portas da empresa.

Sandra liga a João (Isaac Alfaiate) para falar sobre o negócio, indicando que o criou com Hugo e que acha que deveria partilhar os lucros com ele. João concorda.

Isabela (Inês Herédia) entra com biscoitos caseiros, começa a falar de plantas, e Sandra agradece dizendo-lhe que a sabedoria dela vale ouro.

Lucas (Filipe Vargas), Marcos, Mateus e Rita estão reunidos antes de Rita ir para a reunião com Álvaro. Desagradado, Marcos quer ser ele a ir. Todos discordam e lembram-no de que foi por culpa dele que o negócio caiu. Rita diz que a única coisa que quer é assessoria, revê o que vai dizer a Álvaro e sai.

Vitória ajuda Catarina (Maria José Pascoal) a sair para a radioterapia. Mateus aparece para falar com ela, mas Catarina diz-lhe que ainda está lúcida e não esquece o que ele fez.

Sandra recebe Hugo, de maneira efusiva, e ele acaba por contar o que Carlos fez e que terminou o namoro com Vitória. Isabela deixa cair uma peça de loiça. Hugo fica surpreendido por vê-la ali.

Carlos pede desculpa a Catarina e a Vitória pelo seu comportamento, informando a patroa de que já não estão juntos. Carlos faz um comentário que Catarina fica sem perceber e Vitória leva-a para a rua.

Isabela diz que ninguém na herdade sabe que ela está ali, e confirma que a relação com Mateus é séria. Hugo pergunta o que queria falar sobre o negócio. Sandra indica que vai dinamizá-lo com João e que queria partilhar os lucros com ele. Hugo não aceita e informa-a de que o seu objetivo é esquecê-la.

Rita reúne com Álvaro e falam da relação que tiveram. Rita diz-lhe que Lucas é um excelente homem e que o pai lhe deixou a vida num inferno. Álvaro lamenta não ter ligado, pede para ser ela a ficar à frente das negociações com os Santa Cruz e para lhe fazerem uma contraproposta.

João fala com Cheirinhos e propõe arranjar-lhe mais receitas em troca de dinheiro. Cheirinhos avisa que a quantidade é muito grande e que ele também terá que vender alguma droga. João aceita.

Rita consegue que a Cruzeiro do Sul continue o negócio, sendo que a única condição é Rita estar à frente das negociações e baixar o preço do leite. Marcos não está de acordo, mas Catarina defende Rita, por precisarem daquele negócio.

João organiza pastilhas para vender, e esconde tudo, quando Sandra aparece e lhe diz que também quer sair dali e abraçam-se.

Rita quer comemorar porque fechou negócio. Carla atira-lhe à cara que Marcos é que tem razão, e que ela armou aquilo tudo para ficar com a empresa. Rita avisa que não fez nada, mas Carla confronta-a com a mensagem que enviou a Marcos quando ele estava a tentar impedir o negócio, e indica que espera que Lucas descubra tudo.

Carlos procura um pacote de vinho que escondeu. Maria (Mafalda Marafusta) aparece e pergunta-lhe se é verdade que terminou o namoro. Carlos confirma. Maria incentiva-o a beber, começa a provocá-lo e beijam-se. Maria está mesmo a gostar dele, começa a despi-lo, e Carlos deixa-se levar.