Mateus confessa crimes de violação e homicídio

17 jun 2020 00:00

Mateus (Pedro Teixeira) agradece à mãe por ter chamado Isabela, e indica que se quer confessar a um padre pelos pecados que cometeu. Catarina (Maria José Pascoal) manda-o calar-se, mas ele relembra as mulheres que violou, o aborto que provocou a Isabela e quando eliminou Guilherme (Pompeu José) e Adriano, deixando Catarina aterrada.

Carla ameaça Marcos com a faca de sushi e ele acaba por largar Sandra. Carla não quer mais falar com ele e ficam as três a chorar no chão.

Catarina diz que vai preso se confessar tudo, mas Mateus acha que o padre não pode dizer nada sobre a confissão. O Santa Cruz pega no telefone para chamá-lo, mas Catarina impede-o.

Vitória arruma roupa num saco, quando a campainha começa a tocar, quer silenciá-la, mas não tem alternativa. Mateus, cada vez mais alterado, acha que Catarina o está a condenar ao inferno.

Vitória chega. Catarina mente, diz que vai chamar o Monsenhor assim que acordar e pede a Vitória que lhe dê os comprimidos mais fortes.

Elvira (Ana Bustorff) e Joana (Marina Mota) ouvem Alfredo (Luís Esparteiro) na rádio. Elvira diz que ele encanta multidões e que ela não aproveita o marido. Joana, indignada, toma uma decisão e sai apressada.

Patrícia (Leonor Seixas) lamenta que Alfredo seja maltratado pela mulher e beija-o. Joana entra e não acredita no que está a ver. Alfredo apercebe-se da chegada da mulher e diz a Patrícia que só tem olhos para Joana. Patrícia e Joana começam a lutar e, por fim, Joana beija Alfredo... deixando Patrícia frustrada.

Vitória diz a Catarina que está na hora de ir embora. Catarina pergunta o que quer em troca para mudar de ideias. Vitória tenta arranjar desculpas para convencer a patroa e Catarina manda-a sair dali, acusando-a de ingratidão.

Vitória vai ter com Carlos (João Vicente) quando aparece Rita (Maya Booth). O capataz da Herdade questiona-a sobre os problemas que está a ter com Lucas. Vitória avisa que se vai embora, e Rita fica animada com a notícia.

Carla mostra os braços a um agente da policia enquanto ele tira notas. O Agente avisa que a queixa é um assunto sério e que, possivelmente, terá de ir a tribunal depor. Carla quer avançar e indica que só vai descansar quando Marcos estiver preso.

Rita ouve uma mensagem de Lucas, pressentindo problemas. Lucas chega, ela finge que não ouviu a mensagem, contando como correu a reunião com Álvaro. Lucas diz-lhe que não está preocupado com a cerimónia, enche-se de coragem e revela-lhe que já não sente o mesmo por ela.

Vitória conta a Carlos que se despediu. O filho de Joana acha que ela alcançou a sua vingança e pergunta se vai contar tudo a Lucas. Vitória não quer desmascarar Rita. Carlos despede-se dela com muito carinho e Vitória agradece todo o apoio.

Rita acha que têm existido muitos problemas naquela casa e que, talvez, seja isso que o deixa confuso. Lucas diz que não, sublinhando que o problema é entre eles. Rita chora desesperada, dizendo que não aguenta perdê-lo. Lucas não pode esperar que as coisas mudem de um dia para o outro. Rita pede uma última oportunidade e Lucas acaba por concordar e consolá-a.

Marta fica surpreendida por Vitória ir embora. Catarina também lamenta a situação e diz que não pode controlar as decisões dos outros. Mateus começa a acordar e Marta analisa-o. Ana (Madalena Aragão) pede a Lucas para não deixar Vitória ir-se embora. Lucas já fez o que podia, e tenta acalmar Ana.

Vitória (Sara Barradas) fecha a mala de viagem, enquanto tenta ligar a Maria (Mafalda Marafusta), mas ela não atende, e sente-se mais abandonada que nunca.

Ana (Madalena Aragão) percebe que Lucas (Filipe Vargas) não está entusiasmado com o casamento, ele confirma, mas vai manter o casamento.