Mateus droga Isabela e tranca-a no quarto

04 mai 2020 00:00

Joana (Marina Mota) e Carlos (João Vicente) ajudam Alfredo (Luís Esparteiro) e Hugo (Rodrigo Paganelli) a sentarem-se no sofá. Joana pergunta ao marido como adormeceu ao volante. Carlos diz que não deviam ter dado ouvidos a Marcos (Pedro Teixeira) e. Hugo (Rodrigo Paganelli) queixa-se de estarem a ser explorados.

Batem à porta, e aparece Patrícia (Leonor Seixas) que corre para os braços de Alfredo. Alfredo fica atrapalhado perante os filhos e explica que Patrícia quer fazer dele uma estrela e também já a salvou no café. Joana vê Patrícia e pergunta-lhe o que está ali a fazer.

Catarina (Maria José Pascoal) e Vitória (Sara Barradas) encaminham-se para a rua e deparam-se com Maria (Mafalda Marafusta), que conta que foi acompanhar Patrícia que foi visitar Alfredo.

Joana, Alfredo, Carlos e Hugo jantam. Patrícia diz a Alfredo que fechou o café. Joana fica incomodada com a atenção e os elogios que Patrícia tece sobre Alfredo. Entra Catarina, e Carlos culpa Marcos pelo acidente do pai. Catarina vê que Alfredo se magoou no pé e diz-lhe que Vitória pode ajudá-lo, dizendo que vai tomar medidas para que não volte a acontecer outro acidente.

Isabela (Inês Herédia) desabafa com Mateus (Pedro Sousa), sem que ela se aperceba, deita umas gotas no chá, e diz-lhe que ela merece ser feliz.

Sandra (Marta Faial) brinca com as crianças quando chega Carla (Ana Sofia Martins), João (Isaac Alfaiate) e Ana (Madalena Aragão). João desafia as crianças para jogarem e Sandra pergunta à irmã se Nuno já deu notícias.

Isabela, sob o efeito de sedativos, fica cheia de sono e acaba por adormecer. Mateus tranca a porta do quarto e olha para Isabela, que está inconsciente e indefesa.

Nuno conta a Carla que Marcos ameaçou matá-lo, se o visse perto dela, mas que está decidido a protegê-la, e combinam encontrar-se à noite.

Mateus aproveita que Isabela está inconsciente, tira-lhe os sapatos e desaperta-lhe os botões da bata, e tira-lhe fotos.

Maria vê Marcos (Pedro Teixeira) a sair das cavalariças, pergunta-lhe se é ele o gestor da Herdade e oferece-se para trabalhar em troca de teto e comida.

Carlos, preocupado com o acidente do pai, desabafa com Vitória que não se sente bem em ir embora e deixar todos à mercê de Marcos.

Vitória recebe chamada de Cartaxana que lhe conta que arranjou uma substituta e Vitória pergunta ao namorado se vão embora ou ficam. Carlos toma a decisão de irem embora e Vitória liga ao médico a indicar que a substituta pode começar.

Alfredo e Hugo dormem. Catarina e Joana, cúmplices, falam sobre a herdade e a gestão de Marcos. Catarina promete que, enquanto for viva, a família de Joana é intocável e pede a Joana para meter juízo em Carlos.

Carla e Nuno despedem-se com um beijo na boca, entra João e fica surpreendido com o que acaba de ver.