Passado doloroso «ataca» Machado e Maria

28 set 2020 00:00

Isabela serve o pequeno almoço a Lucas e pergunta como está Ana (Madalena Aragão). Isabela sai e Lucas escreve uma mensagem a Vitória (Sara Barradas).

Machado está incomodado com o assunto de Amélia e Maria pede-lhe para ele a esquecer. Machado acaba por dizer que a morte de Amélia é culpa dele.

Isabela estende a roupa. Fonseca aproxima-se e conta-lhe que está de folga e que tinha saudades dela.

Maria sente-se culpada por ter relembrado Machado da morte de Amélia.

Marcos (Pedro Teixeira) sai, e tem Rita (Maya Booth) à sua espera. Marcos aproxima-se, elogia-a e faz-lhe um carinho no rosto, sorridente. Rita avisa Marcos de que quer viver ali.

Marcos está entusiasmado com a cerimónia. Rita trama Marcos por ter descoberto a traição. Marcos e Rita discutem sobre a traição, e Rita avisa que só casam sob as condições dela.

Elvira (Ana Bustorff) pergunta a Lucas se pode manter a data de casamento e diz que Joana (Marina Mota) e Alfredo (Luís Esparteiro) vão renovar os votos também.

Isabela tem medo de não conseguir esperar mais tempo por Mateus, mas Elvira repreende-a por ainda não estar a trabalhar.

Joana pergunta a Hugo (Rodrigo Paganelli) se já fez as pazes com Sandra (Marta Faial). Ele diz que não, mas olha-a apaixonado.

Ana sonha com Mateus a ir buscá-la ao quarto e entra em pânico. Vitória cruza-se com Lucas, ouvem um grito de Ana e correm para o quarto.

Lucas e Vitória entram preocupados. Ana percebe que foi só um sonho.

Raquel (Sofia Baessa) conta a Nuno (Diogo Lopes) que, possivelmente, Marcos vai casar, mas não terá a vida facilitada porque ela falou com Rita.

Marcos recebe uma chamada de João, que o avisa de que não vai ser seu padrinho de casamento dele.

Rita pede ao conservador para aguardar porque Marcos não se está a sentir bem. Ele chega e concorda assinar os papéis.

Patrícia acha que Arlete devia pensar bem se quer o prémio, ou não, quando aparece um inspetor da ASAE e diz que recebeu a denúncia de haver ratos no café.

Joana pede a Carlos que lhe arranje um rato. Ele fica desconfiado do que a mãe anda a preparar.

Machado pede um pouco mais de paciência para apanhar Mateus e Lucas cede e deixa a filha ficar mais uma noite.

Patrícia conta uma história de infância a Sílvio, e acaba por se insinuar a ele. Sílvio diz que não costuma comer nos locais que inspeciona. Patrícia oferece-lhe um bolo e fica a pensar sobre quem a denunciou.

Joana oferece petiscos a Ornelas para que ele a ajude a encontrar um rato.

Ornelas diz a Patrícia que vem dar um recado a Maria, tira do bolso um rato e larga-o no chão.

Isabela entra com várias cartas, vê de quem são e avança para o escritório. Isabela deixa as cartas na secretária, mas vê uma carta endereçada a ela.

*******************************************************