Fonseca assedia Isabela?

17 set 2020 00:00

Machado (Pedro Hossi) avisa Isabela (Inês Herédia) que já tem ordem para lhe confiscar o telemóvel que ela usa para falar com Mateus (Pedro Sousa).

Esperança termina de rezar, vê Mateus, conta-lhe que o gato está melhor e convida-o a entrar.

João (Isaac Alfaiate) conta a Lucas (Filipe Vargas) que vai tirar o curso de mecânica, e que tenciona vender a sua parte da Herdade.

Esperança entrega uma maçã a Mateus enquanto vai cozinhar.

Lucas, reunido com Carlos (João Vicente), com Marcos (Pedro Teixeira), com Raquel (Sofia Baessa), com Nuno (Diogo Lopes) e com João, anuncia que vai assumir a parte de João na Herdade. Marcos fica revoltado, insulta tudo e todos, e envolve-se à tareia com Carlos e João.

Mateus limpa a carrinha, de forma impecável com álcool, desfazendo-se de todo e qualquer vestígio da sua passagem por aquele veículo.

Machado fica a saber que a carrinha não tem as impressões digitais do Santa Cruz.

João entrega um cheque com o pagamento da mota a Alfredo. Ele agradece e incentiva-o a ter força para a recuperação.

João conta a Madalena (Anna Eremin) que se inscreveu no curso de mecânica e que renunciou o seu voto na Herdade, por querer mesmo mudar de vida. Madalena mostra-se feliz por ele.

Machado conta a Fonseca que descobriu de quem era a carrinha, e que o antigo proprietário confessa que vendeu a carrinha a Marcos.

Fonseca aproxima-se de Isabela e conta-lhe que muitas vezes omitiu coisas para protegê-la, quando são interrompidos por Machado.

Isabela diz a Joana (Marina Mota) que não fez nada de mal e não quer saber da madrinha.

Elvira (Ana Bustorff) fuma um charro e recorda uma conversa com Catarina (Maria José Paschoal), há muitos anos.

Marcos arruma a sala, quando recebe uma mensagem de Raquel e diz a Rita (Maya Booth) para fazer o jantar, porque tem de voltar à -herdade.

Nuno pede a Raquel que desconcentre Marcos para que a visita da assistente social corra mal.

João pede desculpa a Ana (Madalena Aragão) e a Vitória (Sara Barradas) por tudo o que fez. Vitória diz-lhe que não pode mudar o que aconteceu, mas que o seu arrependimento é importante.

Machado está furioso por não ter um mandado. Fonseca prepara-se para sair. Machado pergunta-lhe porque estava com Isabela depois de ter sido proibido de se aproximar dela.

Isabela, ao telemóvel com a médica, avisa que não se sente melhor.

Patrícia (Leonor Seixas) mente a Machado e conta-lhe que Maria (Mafalda Marafusta) saiu com roupas reduzidas e que não disse onde ia.

Maria diz a Alfredo que conseguiu arranjar um concerto para aquele dia, em Coruche e que têm de ir. Alfredo, entusiasmado, despede-se de Joana.

Marcos entra com os filhos e a assistente social pergunta-lhe se, quando começar a trabalhar, tem quem fique com as crianças. Marcos revela que vai casar com Rita e que ela ficará com eles.

Hugo (Rodrigo Paganelli) tenta animar Sandra (Marta Faial), que está preocupada com o jantar das crianças e de Marcos.

Diogo e Pilar estranham que Marcos tenha feito o jantar. O Santa Cruz decide contar que Rita e Maria Teresa vão viver lá para casa, mas as crianças vincam que não querem mais irmãos. Marcos, quase a explodir, tenta disfarçar a sua fúria perante a assistente social.

Marcos começa a brincar com os filhos. Paula observa a dinâmica entre eles e, nesse momento, são interrompidos pela chegada de Machado que avisa que tem um mandado de detenção.

Hugo quer fazer amor com Sandra, mas ela nega e sai irritada.

Marcos diz aos filhos que tem de ir com Machado, e eles têm medo de que o pai seja preso outra vez.

Isabela recorda uma conversa com Machado a avisá-la de que não pode sair da Herdade, mas a empregada agarra na mala e sai.

Carlos vê Isabela com a mala e diz-lhe que não vai permitir que ela estrague a sua vida por gostar muito dela. Isabela quase o beija, mas Carlos afasta-se.

Vitória, ao telemóvel com Carlos, avisa-o de que não vai deixar Ana sozinha e pede-lhe para ficar de olho em Isabela.