Jasmim

Interpretado por Eduardo Madeira
Nesta rua, vive um homem sexy, inteligente e seguro de si. Pena não ser o Jasmim.

Na casa dos 40, sobrinho de Tília. Bonacheirão, aquela típica boa pessoa, mas meio desajeitado. Gosta genuinamente de Tília e encontra nela o amor maternal, que perdeu aos 3 anos. O pai morreu num acidente, ainda ele estava na barriga da mãe. É o único homem da Rua com nome de flor, coisa que o irrita solenemente porque acha que coloca em causa a sua masculinidade perante os outros, mas era o último grande desejo de sua mãe, irmã de Tília. Viveu toda a vida a achar-se diferente, mas sempre achou que isso advinha do bullying por ser órfão de pai e mãe! É o padeiro da pastelaria, mas só sabe fazer pão. Um tipo de pão. Vai lá 2 horas de madrugada e dá o seu dia de trabalho por concluído. Faz questão que todos os dias o primeiro pão da fornada seja o que vai entregar à tia Tília. Aproveita a entrega diária para ver Rosa, por quem tem uma relação de amor-ódio. Amor porque é apaixonado por ela e ódio porque não é correspondido e não percebe porquê. Mas só ele... É um apaixonado por futebol e acha que poderia ter dado um bom treinador se a vida o tivesse permitido. Aliás, ele é tão bom que é com quem o treinador da equipa (que Jasmim acha que faria muito melhor que ele) fala sobre táticas e jogos.