Margarida

Interpretado por Joana Coelho

Vinte e poucos anos. Doce, delicada, sonhadora. Mas, embora não pareça, é determinada. Sobrinha de Frésia, a dona do café. Além de tia, é uma espécie de mãe. Desabafam as suas dores de amor não correspondido uma à outra, pelo filho e pai respetivamente. Uma eterna romântica, devora romances ao estilo Nicholas Sparks. Apaixonada desde criança por Fábio Filipe, com quem estudou na primária. A vida dos dois separou-se quando ele foi estudar para o conservatório ainda muito jovem. Mais tarde, ainda na adolescência, quando Fábio se torna um ator de sucesso, Margarida leva os dias a suspirar por ele e a sonhar que um dia ele olhe para ela e a enxergue. Coisa que nunca acontece porque quando ele vai visitar o pai vai sempre rodeado de pessoas, ou namoradas ou seguranças. Margarida, no entanto, acredita que um dia as palavras que escreve com tanta emoção chegarão até ele... Se assim não for, encontrará outra solução porque está determinada a que assim seja! Porque, afinal, tal como todos os outros naquela rua todos são mais do que uma coisa só.