Universidades russas vão passar a ter içar da bandeira, hino e aulas patrióticas

  • 19 fev 2023, 15:06
Universidades russas vão passar a ter içar da bandeira, hino e aulas patrióticas - TVI
Putin discursa perante multidão após cerimónia para anexação de territórios ucranianos

De acordo com a agência oficial RIA Nóvosti, na Rússia há 34 universidades pedagógicas sob a alçada do Ministério da Educação

As universidades russas sob alçada do Ministério de Educação vão passar a iniciar a semana com o içar da bandeira tricolor, o hino e aulas patrióticas, à semelhança do que já acontece nas escolas desde o ano passado.

"Nas universidades subordinadas ao Ministério da Educação, as universidades pedagógicas, a semana começará com o hino nacional, o içar da bandeira nacional e também com aulas 'Conversas sobre o que importa'", afirmou este domingo o ministro da Educação russo, Seguéi Kravtsov.

De acordo com a agência oficial RIA Nóvosti, na Rússia há 34 universidades pedagógicas sob a alçada do Ministério da Educação.

Em setembro de 2022, a Rússia implementou o içar da bandeira russa e o hino como uma obrigação em todas as escolas do país, assim como uma aula às segundas-feiras dedicada à educação patriótica e designada "Conversas sobre o que importa".

As aulas são lecionadas a estudantes do 1.º ao 10.º ano e estão adaptadas às diferentes idades, abordando especialmente a política russa na Ucrânia.

A iniciativa foi criticada por algumas associações de pais que relacionaram a sua criação com o desejo das autoridades de fazer propaganda da campanha militar russa no país vizinho.

Em dezembro de 2022, Kravtsov adiantou que a Rússia planeava incluir nos livros escolares, de forma obrigatória, a história da campanha militar na Ucrânia, que na próxima sexta-feira cumprirá um ano.

A nova matéria a ser estudada nas escolas encontra-se em revisão no Ministério da Justiça russo.

Hoje, Kravtsov afirmou que o seu ministério decidiu realizar estas aulas semanais também para os pais, embora o formato ainda esteja a ser estudado.