Sara

Joana de Verona

Diretora de uma revista feminina. Meia irmã de Carolina, por parte do pai, vai anunciar o seu noivado com Vasco, o cunhado, quando a irmã desperta do coma. Nos últimos oito anos tratou dos sobrinhos como se fossem seus filhos, e acha que aquela família lhe pertence. Está grávida de Vasco. Tal como ele, acreditou que a irmã nunca acordaria. Quando isso acontece ela fica dividida: por um lado feliz, mas por outro preocupada – aquilo podia mudar a sua vida. O que logo se confirma quando Vasco começa a ter dúvidas. Focada e traiçoeira, nada a parece fazer desistir de Vasco. Sara é o contrário daquilo que a sua revista prega: mulheres que não precisam de homens para serem felizes.