NESTE EPISÓDIO...

Joaquim anui a Carlos que Júlia lhe pediu ajuda e conta que o homem que tramou Artur está em Guimarães, mas que Júlia não sabe quem é.

Carlos aceita colaborar, mas assente que ninguém na PJ pode saber e pede a Joaquim para colocar Camilla sob vigilância.

O médico diz que só quer avaliar da melhor forma o estado de Sara e Carolina confessa que é verdade e que matou a mãe de Sara, mas não tinha intenção de o fazer.

Clara vai ter com Marcelo e conta que está preocupada com Sara e que ela vai ser transferida para psiquiatria.

Luísa dá a medicação a Sara, esta finge tomar os comprimidos, mas assim que a enfermeira sai, cospe-os e deita-os fora.

Bruno manda mensagem ao pai a dizer que está morrer, ao que Horácio pergunta onde é que ele está, para ir ter com ele.

Joana entra em casa de Cláudia com a ajuda de um berbequim e chama por Cláudia.

Ana Clara chega e fica incrédula ao ver Piedade e Eugénio pede-lhe para a convencer a voltar para a casa de saúde.

O médico diz a Sara que a irmã confirmou o que ela lhe disse, e que percebeu que ela está sob muita pressão e recomenda que ela continue a tomar a medicação e dá-lhe alta.

Isabel foi buscar Camilinha, e Raissa diz-lhe que a bebé parece filha dela e Isabel assente que criou uma ligação muito forte com ela.

Artur, Papa e o Guarda chegam a Guimarães e reparam nos transeuntes preparados para a festa do Pinheiro. Continuam a seguir o rastro de Horácio que se afasta do centro da cidade.

O Carlos e Joaquim chegam a casa de Camilla e Joaquim de fones diz-lhe que está gente em casa.