NESTE EPISÓDIO...

Camilla acha que o juiz foi comprado e o advogado diz que vai apresentar recurso. Artur diz que vai morrer sem os comprimidos e Jesus diz que ele vai continuar a tomá-los, pois é uma prescrição médica.

Renato liga a Rodolfo e diz que Artur foi condenado a dez anos de prisão e que assim não podem revelar a pesquisa, pois a cobaia está presa. Renato diz que têm de o manter vivo, enquanto ele estiver preso. 

Becas liga a Carolina e diz que conseguiram provar que foi tudo uma armação de Sara e Carolina diz à amiga que vai voltar de imediato. 

Renato acha que vão matar Artur na prisão, e afirma que a sentença foi encomendada e nenhum dos dois percebe quem terá interesse em ver Artur morto.

Vitorino afirma que a sentença foi comprada e olham para Jesus, que se defende e diz que não tem interesse nisso. Camilla sugere irem para casa dela e pensar no que podem fazer. 

Cláudia vê uma moldura com uma fotografia dela e Joana e pergunta o que é aquilo, com Joana a anuir que não fazia sentido ter uma fotografia de Becas. Cláudia vê o álbum com as fotografias que Joana recortou e fica passada. 

Marcelo entra na revista e diz que quer ver os filhos e Sara acusa-o de ser um ingrato e que não volta atrás na decisão.  Ana Clara recebe noticias de Artur e decide ir para o Brasil e Júlia assente não sabe quando é que ele pode receber visitas.

Cláudia e Joana discutem e Cláudia anui que não a quer lá em casa e Joana dá-lhe um estalo. Cláudia manda-a embora e Joana começa a partir tudo e ameaça Cláudia com um pedaço de vidro. Cláudia diz a Joana que a ama e consegue acalmá-la.

Becas mostra a Vasco a gravação de Sara a confessar tudo ao psicólogo e conta como Carlos conseguiu a gravação. Vasco não percebe porque é que Carlos o ajudou e Becas explica que ele quer ver Carolina feliz. 

Artur avança pelo corredor e os presos metem-se com ele, e o guarda empurra-o para uma cela. Artur entra e Papa diz que não quer ninguém ali, mas o guarda diz-lhe que são ordens. O guarda aconselha Artur a fazer amizade com Papa e Artur começa a chorar.

Carolina chega e Becas pede para deixarem Carolina e Vasco a sós. Vasco conta que foi Carlos que conseguiu aquilo e mostra a gravação a Carolina. Joana pede a Cláudia para não a deixar e Cláudia afirma que ela precisa de ajuda e moderar os ciúmes que sente de Becas.

Carolina ouve a gravação e pede desculpa a Vasco e assente que não percebe como é que Sara é tão má e decide ir falar com ela. 

Horácio fala com o guarda e este conta que colocou Artur com o pior preso e que ele mata os companheiros de cela, à dentada.  O Papa está a ficar irritado e manda Artur parar de chorar e ele tenta conter o choro.