Sara (Joana de Verona) pergunta a Carlos (Pedro Hossi) como é que Carolina (Ana Sofia Martins) tem uma gravação de uma conversa dela com o psicólogo e pede para falar com o seu chefe e Carlos fica furioso. 

Carlos tenta convencer Sara a ir embora mas o chefe da PJ chega e Sara conta que Carlos teve um caso com Carolina e que o acidente dela na cama com Vasco foi provocado por Carlos.  Carlos diz que não há provas, mas não nega ter tido um caso com Carolina e que Vasco tem conhecimento. Sara continua a insistir e o chefe pede para chamarem Carolina para interrogatório. 

O Inspetor liga a Carolina e diz que Sara está na PJ e Carolina sai a correr.  O chefe pergunta a Carlos se o que Sara disse é verdade e Carlos entrega o seu distintivo, demite-se e diz que não há provas mas que há momentos em que erramos e acha que deve ser investigado e depois o chefe decidirá se ele deve continuar na PJ ou não. 

Mais tarde, Vasco e Carolina cruzam-se com Carlos e este conta que tentou separá-los no passado e prepara-se para contar isso mesmo que foi a única coisa que fez de errado. Sara aparece, interrompe-os e diz que Carlos é o culpado do acidente que colocou Carolina em coma.

Irá Sara levar a dele avante ou será desmascarada? Tudo para acompanhar nos próximos episódios de «Valor da Vida».