Dois às 10 - Novos testemunhos no caso de José Castelo Branco

10 mai, 09:55
Dois às 10 - Novos testemunhos no caso de José Castelo Branco - TVI

No «Dois às 10», partilhamos testemunho de ex-funcionária de José Castelo Branco e Betty, os nossos comentadores da «Atualidade» analisam os desenvolvimentos do caso. 

Conhecemos a história de Gabriel contada pela mãe Manuela Soares. Manuela conta que até ter o segundo filho não notou nenhum problema no filho Gabriel. Mas foi identificando alguns comportamentos diferentes e aos cinco anos o menino foidiagnosticado com síndrome de Asperger. Tinha o sonho de ser cientista e conseguiu entrar na Universidade de Aveiro como sempre quis. Andava feliz e Manuela jamais desconfiou que ele pudesse estar a sofrer. Tudo mudou no dia em que ele se tentou suicidar. Prendeu uma corda no terceiro andar da faculdade e atirou-se. Manuela escreveu o livro «Nó de força» onde partilha a história do filho que, aos 18 anos, tentou pôr termo à vida. 

Conhecemos a história de vida de André Leal. O nosso convidado conta que, aos 37 anos, teve de ser operado ao coração, conta que teve muito medo de entrar no bloco de cirurgia e sair de lá sem vida. Por isso, sentiu que tinha de se despedir de amigos e colegas de trabalho, não queria partir e deixar pontas soltas, assuntos por resolver.

Fomos conhecer melhor João e Elvina! Revela que já a avó da avó era padeira e que ele, com 12 anos já ajudava nas entregas! O mau comportamento na escola fez com que o pai o quisesse colocar num colégio interno e foi assim que foi parar ao Seminário da Consolata. Esteve lá três anos e adorou, mas o celibato fê-lo perceber que não seria vida para ele. João desistiu e voltou a dedicar-se à padaria. Já Elvina revela que chegou a Portugal no verão de 2001 e que aprendeu a falar português com a ajuda de uma senhora, a Dona Ana. Conta ainda que mais tarde descobriu que essa senhora não sabia ler nem escrever, mas foi ela que lhe ensinou a língua. Entretanto, do forno já estão a sair alguns bolinhos… e João gaba-se do aspeto destes, pois os olhos também comem. Refere que tal só é possível graças ao Senhor, pois é Ele quem administra o negócio. Elvina surge emocionada ao falar da fé… diz gostar muito de rezar e assume-se com uma pessoa muito religiosa. Por fim surge João com ex-líbris do negócio: os Pastéis de Fátima! São estes o sucesso da casa. Destacam-se por serem em forma de coração apresentarem uma cruz cravada por baixo.