Médicos afirmavam que as dores de Maria Inês eram psicológicas: «Tive dias em que queria morrer…» - Veja a conversa completa

11 jul, 11:47
Médicos afirmavam que as dores de Maria Inês eram psicológicas: «Tive dias em que queria morrer…» - Veja a conversa completa - TVI

No «Dois às 10»,  Maria Inês conta que os médicos acreditavam que as dores dela eram psicológicas, mas, afinal, por trás de todas as queixas estava algo mais grave. Dores horríveis, vómitos, febre foram os primeiros sintomas de uma doença, que começou com infeções urinárias normais e recorrentes. Após vários exames, os médicos ainda assim acreditavam que eram «dores psicológicas». Maria continuava a ter dores na bexiga que o antibiótico não resolvia. Mais tarde, ao recorrer a uma clínica no estrangeiro, Maria descobre o seu diagnóstico.