Ângela acredita que está cada vez mais perto de engravidar do marido que faleceu

02 abr 2020 13:25

No «Você na TV», conhecemos os desenvolvimentos do romance que apaixonou o país.

Ouvida pela Comissão de Saúde na Assembleia da República no passado dia 12 de março, Ângela acredita que tudo correu de feição, o que a leva a ter a estar confiante relativamente à alteração da lei: «Vim de lá com a certeza de que a lei vai ser aprovada».

Esta reunião aconteceu na sequência da petição que circulou pelo país e que pedia a alteração da lei, permitindo que Ângela e outras mulheres na mesma posição possam engravidar de um companheiro falecido, desde que os mesmos tenham deixado material biológico e autorização para tal.

A história de amor de Ângela e Hugo apaixonou os portugueses e deixou todos ansiosos sobre a possibilidade desta mulher engravidar do marido que faleceu e cumprir o sonho que era de ambos. A lei iria ser votada no Parlamento a dia 20 de março, mas com toda a questão da Covid-19, essa votação foi adiada.