Pedro Alves sobre homofobia: «Cada um é livre de amar quem quer»

27 jul 2020 16:22

No «Você na TV», falamos com o ex-concorrente.

Pedro Alves esteve em algumas polémicas durante a participação na edição de 2020 do Big Brother, nomeadamente sobre questões relacionadas com homossexualidade. Sobre o tema, o ex-concorrente diz: «Uma estupidez. Está mais que provado, no decorrer do jogo, que eu não sou nada homofóbico... A relação que eu criei com o Edmar, que quando saí, a primeira coisa que perguntei foi por onde ele anda, porque é uma pessoa que eu quero para o resto da minha vida, porque é uma pessoa alegre e animada...».

Goucha vai mais longe e diz que sonha com o dia em que a homossexualidade não será um assunto, e Pedro responde: «Cada um é livre de amar quem quer». Sobre a história de assédio sexual de que Pedro foi alvo e que contou dentro da casa, o ex-concorrente sentiu que o ato foi abusivo e que condicionou a sua forma de ver a questão da homossexualidade.