Enfermeiro foi trabalhar e nunca mais foi visto

20 out 2020 15:53

No «Você na TV», conhecemos os pormenores deste desaparecimento.

José António da Cruz está desaparecido desde o dia 31 de agosto. O homem mais conhecido por «Marinho», foi trabalhar num dia aparentemente normal e nunca mais ninguém o viu. José é enfermeiro em Beja e terá ido para o trabalho de autocarro, dado que o carro estava avariado, a única situação que se regista fora do comum. A esposa do desaparecido explica que tudo aconteceu de forma normal naquele dia, incluindo as rotinas que o caracterizavam, tirando o pormenor da deslocação até ao posto de trabalho.

Francisca Páscoa explica ainda que o companheiro lhe ligou à tarde e que ambos falaram, numa conversa em que José aparentou estar normal. Mais tarde, José ligou várias vezes à companheira, que não conseguiu atender. Quando devolveu as chamadas, Francisca já não obteve resposta, e nunca mais falou com José. Foi à procura do marido ao hospital, que já tinha registado a saída do trabalho.

José estaria a enfrentar uma grave depressão, como afirma a companheira, que diz ainda que ele se isolava, que estava mais cabisbaixo e que toda a gente à sua volta sabia deste facto.