14 out 2019 13:26

Três mitos sobre o autismo nas crianças

No «Você na TV», o neuropediatra Nuno Lobo Antunes explica o que significa ter autismo e alguns mitos associados.

O neuropediatra Nuno Lobo Antunes juntou-se à conversa de uma jovem que tem autismo para explicar que esta perturbação do desenvolvimento tem uma base genética muito forte. O médico especialista aproveita para desmentir 3 mitos associados:

- A ideia que se generalizou de que o autismo surgia quando as crianças tinham pouco afeto não é verdade.

- Nuno Lobo Antunes garante ainda que existem crianças com autismo que conseguem fazer coisas extraordinárias, sobretudo tarefas ligadas à memória, no entanto, não é verdade que todas consigam fazê-lo.

- Outro mito que o especialista esclareceu relaciona-se com a socialização. Nuno Lobo Antunes garante que o isolamento destas crianças não é verdade afirmando até que existem casos de crianças hipersociáveis.

O apresentador partilha que recebeu várias mensagens de mães preocupadas que não sabem como lidar com o autismo dos filhos e denunciam a falta de apoio, informação e a desvalorização por parte de alguns profissionais que ainda existe.

O especialista garante que quanto mais cedo o diagnóstico melhor será o prognóstico e revela alguns dos sinais que podem surgir logo desde bebé, por exemplo, quando o contacto ocular durante a amamentação não existe ou quando o consolo da pele não é suficiente para acalmar as crianças.

Recentemente, foi criado um site (PIN – Progresso Infantil) onde é possível fazer intervenção à distância, através de plataformas digitais, podendo contactar o médico especialista que poderá fazer o diagnóstico.