30 set 2019 15:37

Ricardo tinha 5 anos quando doou medula óssea à irmã e lhe salvou a vida

No «Você na TV», ficámos a conhecer a história de Adelaide, que sobreviveu graças ao transplante do irmão Ricardo, que na altura tinha somente 5 anos.

Adelaide sempre foi uma bebé com muitos problemas: os valores de hemoglobina estavam sempre alterados e ninguém conseguia descobrir a razão. Aos 7 anos, Adelaide foi diagnosticada com Anemia de Fanconi, uma doença genética que a família desconhecia.

Cedo o hospital passou a ser a segunda casa de Adelaide que, já em Portugal, no Hospital de Santa Maria, manteve-se viva graças a uma medicação de origem americana que acabou por sair do mercado. Assim, a necessidade de transplante tornou-se imperativa e acabou por ser o irmão Ricardo (que à época tinha somente 5 anos) que lhe doou medula.

No entanto, o transplante não pôs fim a esta história de luta e sobrevivência. Adelaide desenvolveu outras patologias e tem sofrido com elas. O período da adolescência foi especialmente complicado, tal como quando engravidou, aos 21 anos.

Apesar de tudo, Adelaide considera-se uma mulher feliz mas a história termina com uma citação poderosa:

«A minha vida tem sido de 2 em 2 meses, quando vou a consultas e ouço que tenho mais 2 meses de vida»