Mulher manteve o cadáver do pai em casa durante 6 meses

28 fev 2020 13:15

No «Você na TV», a advogada Suzana Garcia comenta os pormenores deste caso.

Uma mulher está a ser julgada, no Tribunal de Leiria, por ter mantido o cadáver do falecido pai em casa, durante cerca de seis meses. A arguida terá regado o corpo com café e chocolate para esconder o cheiro e não ser descoberta.

O objetivo da arguida seria continuar a receber a pensão do falecido pai. A advogada Suzana Garcia comenta este caso, afirmando que a pensão que este homem recebia, ainda era elevada e terá sido essa a principal pretensão desta mulher.