António revoltado com a morte da mãe num lar: «Houve uma mentira que não vou perdoar»

06 abr 2020 14:10

No «Você na TV», ouvimos a indignação de um homem que perdeu a mãe num lar português.

Nazaré tinha 74 anos e faleceu no Lar Geração Antiga em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia. Ao informar uma das filhas da morte da mãe, o lar mencionou que a morte teria ocorrido de manhã, depois do pequeno-almoço. No entanto, António, outro dos Fihos, soube mais tarde que ninguém foi prestar socorro à mãe e, quando chegou a viatura médica ao local, foi dito a António que o corpo da mãe já se encontrava em rigidez cadavérica. Segundo António, isto pressupõe que o óbito já contava com cerca de 8 horas, uma mentira que revela que não irá perdoar e que o motiva a ir até às últimas consequências judiciais.

António sente-se indignado pelas informações prestadas pelo lar não corresponderem à verdade e por não ter sido prestado qualquer socorro médico à mãe. António sublinha ainda que não tinha nada a apontar de negativo a este lar antes deste sucedido, dado que sempre trataram bem a mãe.