Afonso provoca o verdadeiro caos na família

04 fev 2021 00:00

Artur (David Carreira) vai, com Sandra, visitar Maria (Mel Barbosa) e diz a Vera (Bárbara Branco) que podem cancelar o processo, se ela aceitar a guarda partilhada da filha, mas Vera recusa.

Sandra diz a Maria que já arranjou um esquema com Alex (João Oliveira), para ela fugir de casa, dando-lhe um envelope com dinheiro.

Maria Rita (Kelly Bailey) diz a David (José Condessa) que esclareceu tudo com Henrique (Pêpê Rapazote) e que vai voltar para a mansão.

Henrique assegura a João Maria (Lucas Dutra) que não foi ele quem armou uma cilada a Afonso (Vítor D'Andrade), sendo toda aquela história uma invenção do irmão.

Júlia (Cucha Carvalheiro) fica incomodada por ver Maria Rita de regresso a casa, com esta a defender-se que foi Henrique que lhe pediu.

Afonso anuncia a Henrique que está disposto a abdicar de ficar com metade da fábrica se ele assumir que foi ele que o tramou com a droga no passado. Afonso continua a desafiar Henrique a assumir perante a família que foi ele que o tramou. Furioso, Henrique o vira-se contra o irmão para lhe bater, mas acaba por cair desamparado no chão.

Carmo (Julie Sergeant) desaba a chorar a queixar-se por não ter para onde ir, após Pompeu (André Nunes) lhe dizer que quer avançar com a compra da casa. Pompeu conforta-a, quando Celinha (Paula Neves) entra e acusa o marido de a andar a trair.

Júlia, a sós com Henrique, pergunta-lhe se existe alguma hipótese de Afonso estar a falar a verdade, recordando os ciúmes que ele tinha do irmão por ser o filho preferido do pai.

As opiniões dividem-se entre os irmãos sobre o que aconteceu no passado entre Henrique e Afonso, com Vera e Maria Rita a defenderem que Henrique não teria nenhum interesse em prejudicar Afonso. João Maria e Constança a não estarem tão seguros da inocência do pai.

Afonso diz a Maria Rita que nunca teve interesse nos negócios da família e vinca que só quer limpar a sua imagem, deixando Maria Rita sem saber que pensar.

Carmo tenta persuadir Pompeu a desistir da compra da casa e ambos começam a beber, para esquecerem os problemas.

Sandra diz a Alex (João Oliveira) que já está tudo tratado com Maria (Mel Barbosa), para a esconderem até passar a data do julgamento, sendo aquela a única maneira de Artur (David Carreira) conseguir ficar com ela.

Madalena (Sofia Aparício) depara-se com Carmo (Julie Sergeant) e Pompeu (André Nunes), já muito embriagados.

Mercedes (São José Correia) constata que já nem dinheiro tem no telemóvel, para fazer chamadas, e chora por ter batido no fundo.

Henrique (Pêpê Rapazote) recorda Afonso (Vítor D'Andrade) no estado miserável em que ele deixou a família, tendo sido ele que se matou a trabalhar para que tudo não ruísse. Afonso minimiza e avisa o irmão que vai fazer-lhe a vida negra, em casa e no trabalho, até ele contar a verdade do que se passou há vinte anos.