Manuela perdeu as filhas, o marido e o pai em 4 anos: «É uma dor muito profunda»

  • 21 out, 18:12

No «Goucha», a convidada recorda as dolorosas perdas e a forma como conseguiu sobreviver.

Manuela perdeu o pai, as filhas e o marido, num curto espaço de tempo. Um luto difícil para quem lutou durante anos contra a doença rara das duas filhas, eram portadoras da Doença de Batten. Comovida, falou da forma como conseguiu sobreviver a todas as perdas:  «É uma dor muito profunda».

A convidada recordou que o mundo começou a desmorenar quando soube o diagnóstico das filhas. Mas a vida só se viria a complicar para Manuela, quando pouco tempo depois soube que o marido sofria de uma doença degenerativa. A primeira perda aconteceu em 2015, quando faleceu a primeira filha. Quatro anos depois, Manuela perdeu o marido, a filha mais nova e ainda o seu pai.

Manuela nunca pediu ajuda. Apoiou-se em si mesma e na sua mãe Esperança, de 91 anos, que é um exemplo de vivacidade e alegria de viver.

MAIS