Dulce temeu pela vida: «Deitava-me todos os dias com medo de não acordar»

  • 2 mai, 18:30

No «Goucha», conhecemos a história de Dulce, que sofre de uma doença rara.

Dulce Barbosa tem uma doença rara e incurável. Foi com 16 anos que foi diagnosticada com espinha bífida e confessou que foi devastador saber o que sofria. Cresceu com precauções mas com uma vida aparentemente normal. Conheceu o marido e engravidou sem saber que sofria de hipertensão pulmonar, uma doença rara que pode ser fatal durante e após o parto: «Deitava-me todos os dias com medo de não acordar».

A convidada admite que já superou muita coisa na esperança de ver o filho crescer. Atualmente, Dulce vive 24 horas com uma bomba de perfusão presa à cintura, para ajudar a controlar a doença. Dulce está reformada por invalidez há 1 mês e contou-nos que se tem dedicado à costura.

A convidada foi ainda surpreendida com mensagens da família e da equipa médica, ficando comovida.

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Dois Às 10

Receitas

Fotos

Vídeos