Cuca Roseta: «No dia em que o meu melhor amigo se suicidou, eu cantei»

  • 21 set, 18:29

No «Goucha», a cantora recorda como o fado a acompanha em todos os momentos.

Cuca Roseta nasceu para o fado, ainda que se tivesse estreado neste estilo musical só aos 18 anos. Começou a cantar num coro da igreja aos 10 anos, mas, desde criança, que a música fez parte da vida de Cuca. Foi sobre a sua carreira que falámos, numa conversa onde Cuca mostrou toda a paixão que tem pelo fado, que a acompanha mesmo nos momentos mais tristes: «No dia em que o meu melhor amigo se suicidou eu cantei»

«Eu entro no palco e há qualquer coisa que acontece ali. Eu estou mesmo na minha missão de vida. O fado é uma canção da alma. É converter a dor e a tristeza em beleza... e isso é que é a arte».

Escritora e compositora das suas músicas, Cuca Roseta diz que o seu desejo é continuar a levar o fado pelo mundo.

MAIS

Mais Vistos

Mais Vistos Dois Às 10

Receitas

Fotos

Vídeos